Porquê você deve começar a se programar para a Black Friday

Black Friday Brasil 2015 – 27/11/2015

A Black Friday é uma das mais importantes datas para o comércio eletrônico. Apesar de ainda ser uma prática recente no Brasil, os números impressionam. De acordo com o E-bit, empresa especializada em informações do comércio eletrônico, as vendas do Black Friday de 2014 superaram em 51% as vendas de 2013.

Ainda de acordo com o E-bit, essa data movimentou R$ 1,16 bilhão no ano passado. Se compararmos a uma sexta-feira comum, os números impressionam ainda mais, pois houve uma superação de 867% no faturamento, 619% na quantidade de pedidos e 536% em número de consumidores únicos, sendo que 18% deles aproveitaram a data para realizar a primeira compra online.

Esses dados mostram como a data está ganhando forças e cada vez mais adeptos no Brasil. Em uma outra pesquisa que fala do comportamento do consumidor, vimos que 41% dos brasileiros já compraram durante a Black Friday e dessas pessoas, cerca de 83% disseram que viram vantagem nas ofertas e 76% voltariam a comprar.

No entanto, vemos que o mercado ainda não está tão preparado para este tipo de ação, pois apesar dos números impressionantes, cerca de 58% dos usuários enfrentaram problemas na hora de efetuar a compra e as principais queixas foram: instabilidade nos sites, descontos não representativos e indisponibilidade do produto.

Mas além de se preparar para evitar os problemas mencionados acima, tem muitas ações que você pode adotar para alavancar as suas vendas.

Mesmo em datas normais, ações segmentadas de e-mail marketing chegam a apresentar um ROI acima de 70:1. Isso porquê este canal permite a comunicação 1:1, ou seja, você consegue acompanhar o comportamento do seu cliente e, assim, conhecer as suas preferências e necessidades, sendo muito mais assertivo na sua oferta.

Um bom exemplo é o abandono de carrinho. Cerca de 83% de pessoas que navegam nos e-commerces, abandonam o produto no carrinho, por diversas razões. Quando a loja virtual tem uma boa campanha de gatilhos que incentiva a compra desses produtos e faz um cross sell oferecendo produtos complementares, a conversão pode aumentar até 40%.

As possibilidades no e-mail marketing ainda vão além da oferta de produtos que o seu cliente já declarou interesse ao colocar no carrinho, pois 70% dos internautas abandonam a navegação antes mesmo de colocar qualquer produto no carrinho. Porém, se você utilizar os recursos certos, você consegue identificar os produtos que ele navegou e fazer ofertas personalizadas via e-mail marketing. É sabido que 43% das pessoas, gostariam de receber ofertas personalizadas, explore isso.

Se você já sabe quais os produtos que seus clientes estão interessados, por que não usar essas técnicas de e-mail marketing para impactá-los com boas ofertas personalizadas no Black Friday?

POR:

Share