3 dicas para aumentar a receita da sua loja virtual na Black Friday

Falta um pouco mais de 2 meses para acontecer a Black Friday. No ano passado, a data movimentou somente na sexta-feira R$ 1,16 bilhão, o que representa um crescimento nominal de 51% em relação a 2013, de acordo com a E-bit, empresa especializada em informações do comércio eletrônico.

O resultado mostra que vale a pena preparar a loja virtual para receber milhares de clientes ávidos por descontos e, claro, por uma boa experiência de compra. Veja três dicas, prepare sua loja virtual para a Black Friday e aumente sua receita.

1) Seu site é seguro? Então, mostre aos seus clientes
Não basta apenas ter um Certificado SSL no seu site, é preciso mostrar aos seus clientes que o ambiente é seguro. Exponha melhor essa informação em um banner na home, incentivando o cliente a clicar no cadeado do navegador e a checar as informações. Vale, também, inserir o Selo de Segurança, que costumeiramente fica somente no rodapé da página, ao lado dos produtos na página do check-out.

Essas medidas são de extrema importância, pois próximo a data da Black Friday seus atuais e potenciais clientes receberão uma grande quantidade de ofertas por e-mail e o medo de acessar um site falso deve aumentar.

Mas atenção: antes desse importante passo, vale observar se o Certificado Digital SSL da sua loja e, por consequência, o Selo de Segurança foram emitidos por uma empresa séria, ética e com boa reputação. Isso porque se o cliente, ao acessar seu e-commerce, visualizar um Selo de Segurança o qual não confia, ele deixará de comprar.

Por outro lado, uma marca de confiança associada a sua loja, pode ser um estímulo para a finalização da compra e, consequentemente, ao aumento da sua conversão. Como ainda falta mais de 2 meses, vale a pena e dá tempo de rever esse investimento.

2) Antecipe suas promoções
Saia na frente da concorrência. Ofereça promoções aos seus atuais e potenciais clientes utilizando o gancho da Black Friday desde já. Como? Novamente, invista em peças de comunicação, como banner no site e também o envio de e-mail marketing. Não esqueça de mencionar sempre que a sua loja está protegida pelo Certificado SSL, ok?

3) Facilite o cadastro no seu site
A regra básica para a venda de produtos ou serviços em uma loja virtual é a identificação do cliente, certo? Então, facilite essa etapa oferecendo a opção de autenticação por meio do Certificado Digital. Assim, o interessado em seus produtos não precisará criar um login e senha para comprar na sua loja e rapidamente poderá efetivar a transação.

Atualmente, mais de 3 milhões de pessoas já utilizam o Certificado Digital para serviços na web e, com certeza, reconheceriam essa opção de login em sua loja como um diferencial.

Aliado a isso, você se resguarda do chargeback – não reconhecimento da compra -, pois tudo o que for realizado por meio do Certificado Digital não pode ser repudiado.

E quanto custa? Não há custo. Você só precisa inserir o serviço na sua loja. Não é necessário, inclusive, alterar a estrutura tecnológica da plataforma.

POR:

Share